Alunos da Fensg/UPE realizam ação educativa sobre o Dia Mundial da Saúde

No último dia 13 de abril, adolescentes e funcionários do Centro de Internação Provisória (Cenip) Recife celebraram o Dia Mundial da Saúde com uma série de atividades. Palestras e serviços foram ofertados no local em parceria com o programa Com Pressão não se Brinca, da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças da Universidade de Pernambuco (Fensg/UPE).

Ao todo, 48 pessoas foram beneficiadas pelo projeto. O evento contou com uma roda de diálogo em que foram expostos os fatores de risco para o diabetes e para a hipertensão. A escolha do tema para a palestra não foi à toa: a hipertensão arterial é uma das doenças que mais mata no mundo. Quando o paciente não perde a vida, pode ficar com sequelas graves. Além dessa conscientização aos presentes, métodos de prevenção também foram apresentados, como alimentação saudável e a prática de atividades físicas.

Os participantes ainda foram beneficiados com aferição da pressão arterial e da glicemia e desfrutaram de um lanche saudável. Na avaliação da assistente social do Cenip Recife Elis Gomes, o momento foi positivo para todos. “Por mais que a gente tenha conhecimento sobre esses assuntos, sempre traz alguma nova. Muitas dúvidas foram sanadas”, declarou.

O programa Com Pressão Não se Brinca é composto por alunos da graduação e pós-graduação da FENSG, coordenados pela professora Simone Muniz. A iniciativa busca, entre outras coisas, identificar os riscos cardiovasculares, e tem a finalidade de intervir precocemente para evitar que os pacientes se tornem adultos doentes. 

A doutoranda Chiara Moraes, uma das participantes do projeto, viu o momento com bons olhos. “Conseguimos interagir com eles, partilhar as vivências e, para nós, foi uma ótima oportunidade de promover a educação aos adolescentes”, contou.

O Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril, foi criado em 1948 pela Assembleia Mundial da Saúde e tem como objetivo conscientizar a população sobre os cuidados com a qualidade de vida e os fatores que podem afetar a saúde populacional. Este ano, a data teve como tema “Saúde universal: para todas e todos, em todos os lugares”.

Com informações do site da Funase