Programa de Pós-Graduação em Saúde e Desenvolvimento Socioambiental

APRESENTAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Saúde e Desenvolvimento Socioambiental (PPGSDS), reconhecido por meio da Portaria nº 997 de 23 de novembro de 2020 do Ministério da Educação, tem como objetivo formar recursos humanos, na modalidade mestrado acadêmico, para atuar nos múltiplos campos do saber, por meio de pesquisas interdisciplinares, com ética e qualidade acadêmica, desenvolvendo políticas, programas e ações voltadas para a promoção da saúde humana e animal, dos direitos humanos, da educação e da qualidade socioambiental, a partir da compreensão integrada de problemas e a busca por soluções. O PPGSDS está vinculado ao Multicampi Garanhuns / Arcoverde / Serra Talhada da Universidade de Pernambuco e obedece ao Regimento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da UPE e à resolução CEPE nº 041/2020.

COORDENAÇÃO

Coordenadora: Profa. Luiza Rayanna Amorim de Lima

Vice-Coordenador: Prof. Vladimir da Mota Silveira Filho

PROFESSORES

Permanentes:

Ana Carolina de Carvalho Correia – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/0934946620890424 )

Andre Monteiro Costa – Fiocruz Recife (Lattes: http://lattes.cnpq.br/3149618278772704 )

Carolina de Albuquerque Lima Duarte – UPE Arcoverde (Lattes: http://lattes.cnpq.br/5351538548897807 )

Daniela de Araujo Viana Marques – UPE Recife (Lattes: http://lattes.cnpq.br/0788548123321981 )

Daniel Dantas Moreira Gomes – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/5802503758033757 )

Isabele Bandeira de Moraes D Angelo – UPE Arcoverde (Lattes: http://lattes.cnpq.br/3491163418088431 )

Luiza Rayanna Amorim de Lima – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/3525637613163584 )

Marina de Sa Leitao Camara de Araujo – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/4315354380176563 )

Pedro Henrique Sette de Souza – UPE Arcoverde (Lattes: http://lattes.cnpq.br/6730016892651974 )

Rita Di Cassia de Oliveira Angelo – UPE Serra Talhada (Lattes: http://lattes.cnpq.br/8652310495284223 )

Rosangela Estevao Alves Falcao – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/5946518736077473 )

Sinara Monica Vitalino de Almeida – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/0531452441336432 )

Stefania Jeronimo Ferreira – UPE Arcoverde 

(Lattes: http://lattes.cnpq.br/7480197435353915)

Suely Emilia de Barros Santos – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/9587785855933174 )

Tarcia Regina da Silva – UPE Garanhuns 

(Lattes: http://lattes.cnpq.br/5951919363361300 )

Vladimir da Mota Silveira Filho – UPE Garanhuns (Lattes: http://lattes.cnpq.br/2796640443683985 )

 

LINHAS DE PESQUISA

Linha 1: Estudos interdisciplinares aplicados à promoção da saúde, prevenção e controle de doenças Abordagens interdisciplinares das doenças nos diferentes ciclos da vida nas regiões do Agreste e do Sertão de Pernambuco, incluindo comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas e ribeirinhos) e produtores rurais, com ênfase na obtenção de produtos bioativos a partir da biodiversidade local, visando o desenvolvimento de recursos terapêuticos e diagnósticos e de tecnologia própria para o controle de doenças, prevenção de agravos e reabilitação, que necessita de um enfoque integrado para a construção de conceitos comuns a partir dos aspectos epidemiológico, etnográficos, bioquímico, genético, estrutural, físico-funcional, psicossocial e socioeconômico na perspectiva da promoção da saúde.

Linha 2: Abordagens interdisciplinares em educação, ambiente e saúde Concentra estudos interdisciplinares de aspectos ambientais, históricos, socioculturais e bioantropológicos na modulação de processos endêmico-epidêmicos em populações das regiões Agreste e Sertão de Pernambuco, incluindo as comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas e ribeirinhos) e produtores rurais. Fomenta estudos sobre política nacional de direitos humanos e de direito à saúde e à qualidade ambiental, visando a construção sistematizada de alternativas contextualizadas para a melhoria da saúde através do desenvolvimento socioambiental. Busca compreender aspectos relacionados às ações de ensino-aprendizagem, pautados em mecanismos que possam promover o conhecimento para controlar os processos endêmico-epidêmicos, impactando na formação acadêmica dos futuros egressos.

DISCIPLINAS:

Obrigatórias:
– Seminários Interdisciplinares 45h
– Métodos e Práticas de Pesquisas Interdisciplinares 45h
– Aspectos interdisciplinares do processo saúde-doença 45h
– Acompanhamento tutorial interdisciplinar 60h
– Didática no Ensino Superior 30h
– Estágio de Docência 30h

Eletivas:
– Meio Ambiente, Saúde Humana e Animal 60h
– Geotecnologias, ambiente e saúde 60h
– Etnofarmacologia e Cartografia Clínica: narrativas vivas sobre o conhecimento popular/tradicional 30h
– Estudos interdisciplinares em biologia celular e molecular 60h
– Estudos avançados em métodos quantitativos 45h
– Estudos avançados em métodos qualitativos 45h
– Educação ambiental e direitos humanos 45h
– Educação ambiental fora dos espaços-tempos escolares 45h
– Ecologia Política, Justiça Ambiental e Saúde 60h
– Construção, adaptação transcultural e validação de medida em ciências sociais e da saúde 30h
– Bioprospecção de produtos naturais como alternativa terapêutica 60h
– Aspectos interdisciplinares na obtenção e aplicação de produtos biotecnológicos para saúde humana 60h
– Cultura e Territorialidades: Saberes Subalternos e Regionalização 30h
– Manejo interdisciplinar da dor: um enfoque na aprendizagem mútua, formação e educação dos profissionais que atuam na saúde 45h