Portal de Zoologia desenvolvido na UPE receberá prêmio da CPRH

O projeto de extensão “Portal de Zoologia de Pernambuco”, coordenado pelo professor do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Pernambuco (ICB/UPE), Filipe Martins Aléssio, foi um dos vencedores, na categoria Inovação Tecnológica, da 30ª edição do Prêmio Vasconcelos Sobrinho promovido pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

O Portal é um site colaborativo no qual ferramentas, da internet e da cartografia, permitem que habitantes, estudantes, professores, pesquisadores, universitários contribuam na divulgação de fotos, localização e informações sobre espécies animais selvagens encontradas em Pernambuco.

Com mais de 2 bilhões de usuários de smartphones no mundo, pode-se imaginar um espaço de laboratório virtual invejável para compromissos com a ciência cidadã, que pode ser um divisor de águas ao abordar questões globais de conservação da natureza e novos modelos de educação e colaboração.

Como a natureza não reconhece fronteiras administrativas, é possível informar sobre a localização de espécies de qualquer lugar do planeta. O site oferece um espaço de compartilhamento de fotos de animais selvagens e de divulgação científica, que já conta com mais de 460 registros de animais de diferentes grupos taxonômicos (vertebrados e invertebrados), com informações sobre a história natural e localização geográfica das espécies. Visite o Portal: http://www.portal.zoo.bio.br.

A entrega dos prêmios será realizada no próximo dia 16 de dezembro de 2019, no auditório do Museu Cais do Sertão.

Sobre o Prêmio Vasconcelos Sobrinho - criado em 1990 pela CPRH, leva o nome de um dos primeiros pernambucanos a lutar pelas causas ambientais no Estado de Pernambuco. Engenheiro agrônomo de profissão e ambientalista por vocação, João Vasconcelos Sobrinho, que faleceu em 1989, continua sendo um exemplo a ser lembrado e seguido. Ao promover este concurso, a CPRH quer dar visibilidade aos esforços dos que, assim como Vasconcelos Sobrinho, estão agindo para a melhoria das condições ambientais e da qualidade de vida da população.

Na 30ª edição do Prêmio, foram premiados projetos, como também personalidades, que se destacaram na defesa e proteção do meio ambiente. As categorias premiadas foram: bem-estar animal, inovação tecnológica, pesquisa ambiental, projeto e prática educacional, destaque municipal, destaque da imprensa, e personalidade do meio ambiente. Nesta edição, diferente dos anos anteriores, serão premiados três projetos em cada categoria, sendo que o primeiro colocado em cada categoria receberá 3 mil reais.